Perder, sem se perder

Habacuque 3.17,18 sempre foi um texto bíblico que me impressionou. Isso porque da capacidade do profeta de se alegrar e adorar em meio à escassez. Quantas vezes ao ler esse texto me perguntei: Como isso é possível? Alegria e Adoração em meio fracassos, perdas e prejuízos.

Habacuque fala que mesmo que as principais fontes de alimentos (Figos, Uvas, Azeitonas) e renda como a ovinocultura e pecuária minguarem, mesmo havendo uma verdadeira crise alimentícia e econômica, mesmo assim ele não vai abrir mão da alegria de viver, nem da verdadeira adoração. Como isso é possível? Resposta: Habacuque tinha a capacidade de perder, sem se perder.

Na vida sempre haverá fracassos, prejuízos e perdas. Que o Senhor nos dê a mesma fé de Habacuque, de perder, sem se perder. De perder coisas e não perder a fé; de perder coisas e não perder a paz; de perder coisas e não perder o sentido da vida; de perder coisas e até pessoas, mas não perder o Criador de vista!

Por isso perca, mas não se perca!

Weslei Pinha


Deixe seu comentário