OLHAI PARA AS AVES DO CÉU…

Na busca de levar cura aos corações ansiosos e extremante preocupados, Jesus se utiliza da natureza, pedindo aos inquietos de espírito que observem as aves do céu e os lírios do campo. O ensino de Jesus consiste tanto num desafio, como numa ilustração pedagógica a todos aqueles que ainda não conseguem viver um dia de cada vez.

Desafio porque consiste no ato de literalmente parar. Parar para observar, fixar os olhos e analisar. Quando Jesus diz “Olhai para as aves do céu”, Ele desafia o ansioso a colocar o pé no freio em meio a uma vida tão dinâmica e veloz. Mesmo parado o ansioso vivi em alta velocidade mental, é o que os psiquiatras chamam de SPA – Síndrome do Pensamento Acelerado. O convite a olharmos para as aves do céu é um convite à desaceleração tanto do corpo como da mente. Olhai para as aves do céu é um convite à valorização dos detalhes, o desfrutar dos momentos simples como o vislumbre da natureza. Essa é uma experiência que o ansioso tem dificuldade de vivenciar. Seu corpo e mente seguem um ritmo alucinante e assim lhe escapa o desfrutar de momentos simples, mas que podem ser profundamente prazerosos se forem vividos com atenção e intensidade.

Por fim, o ensino contido no olhar para as aves do céu e os lírios do campo, busca resgatar o alto valor humano “vocês valem mais do que aves”, “vocês valem mais do que plantas”. O problema do ansioso está também na falta de valor próprio. É por se alto desvalorizar que o inquieto se vê indigno do favor e da importância Divina. Assim, Jesus toca no complexo de inferioridade do ansioso, revelando a ele seu amor para com a natureza (aves e plantas). Ora, se tal cuidado é dispensado a elas, mais importância e cuidado dará Deus aos seus filhos “vocês valem mais do que aves”.

Ao invés de concentrar toda nossa força e atenção na necessidade, Jesus nos convida a desviar nosso olhar inquieto por um instante para a natureza, aves e plantas. Não é que a contemplação da criação trará soluções, não era esse o objetivo do ensino do Mestre. Mais do que ensinar o caminho para as soluções externas, Jesus apontou caminhos para soluções internas. Cura para as almas enfermas e escravizadas pela ansiedade.

Do também ansioso Weslei Pinha


Deixe seu comentário