FELIZ É QUEM TEM GANA POR JUSTIÇA!

O interesse pela felicidade é algo tão antigo quanto o próprio ser humano. Sabendo dessa inclinação, Jesus inicia seu ministério falando justamente de felicidade. Makarios é a palavra grega para “bem-aventurados” ou “felizes”. As bem-aventuranças de Mateus 5, não são apenas possibilidades para se alcançar esse bem tão desejado, muito pelo contrário Jesus fala de algo concreto, real e possível.

Para Jesus uma das virtudes que pode nos fazer felizes, é desejar vorazmente a justiça, assim como alguém sedento de água e faminto de pão. O desejo pela justiça, aliado ao empenho no seu cumprimento, fará de nós, segundo o salvador, pessoas felizes.

Que pena, que diante de tão valioso conselho a maioria das pessoas não se vem como promotores da justiça. Pensam que a prática da justiça é algo restrito a policiais, advogados, juízes, promotores ou desembargadores. No entanto, segundo Jesus, todos somos chamados, convocados a fazer justiça.

Mesmo sendo um “simples” cidadão, você deve e pode fazer justiça denunciando anonimamente os maus tratos a pessoas e animais; o abuso infantil; o trabalho escravo; o tráfico de drogas; a corrupção; os crimes eleitorais e etc. Você pode e deve fazer justiça cobrando seus direitos garantidos.

Mas que fique claro que não se exerce justiça apenas condenando o erro, mas também promovendo o bem. Ou você acha justo alguém não ter acesso à alimentação, educação, informação, saúde, segurança e moradia. Sanar essas questões não é apenas uma responsabilidade governamental, mas de cada cidadão.

Jesus afirma que feliz de verdade não é o desinteressado, não é o insensível ou o indiferente, mas aquele que tem gana por justiça. Que não apenas a deseja, que não apenas vibra com a prisão do corrupto, que não apenas se alegra com o problema sanado, mas que procura fazê-la cumprir.

Pessoas indiferentes às injustiças e as mazelas alheias são infelizes, visto que só desejam a justiça para si, são infelizes pela insensibilidade, são infelizes pela incapacidade de refletirem o caráter justo de Deus em suas vidas.

Quer ser um bem-aventurado? Quer ser feliz? Tenha fome e sede de justiça!

Weslei Pinha


Deixe seu comentário